Fetrahnordeste inaugura subsede na Bahia

No dia 15 de abril, sexta-feira, 17h, foi realizada a inauguração da subsede da Federação dos Trabalhadores do Setor Hoteleiro de Turismo e Hospitalidade e Gastronomia do Nordeste (Fetrahnordeste), que fica localizada no edifício Barão de Cotegipe, 7º andar sala 701, Centro, em Salvador.
Os diretores do SindhotéiS que integram a diretoria da Fetrahnordeste são: Brasilina Neta (secretária geral), Genival Santos (diretor suplente) e José Ramos (vice-presidente).
Estiveram presentes no evento a diretoria do SindhotéiS, o presidente da Fetrahnordeste, Luiz Onofre, que “agradeceu a presença das entidades sindicais filiadas e não filiadas a Fetrahnordeste”. Ressaltou ainda que “este é um momento de grande satisfação, um momento histórico pois nasce no seio da Bahia a Fetrahnordeste. Onde vamos discutir o sindicalismo e a representatividade dos trabalhadores. Temos convicção que no Estado da Bahia ainda tem muitas bases desorganizadas, e a intenção desta Fe-deração é chegar nessas bases e auxiliar esses trabalhadores”.
IMG_0834
O presidente do SindhotéiS e vice pre-sidente da Fetrahnordeste, José Ramos, destacou que “temos que trabalhar e enfrentar a luta que não vai ser fácil”. Ramos também fez uma homenagem ao diretor do SindhotéiS, Evanginaldo Soares Rosa que considera como o presidente de honra do sindicato e foi quem apresentou o sindicalismo para ele.  “Evanginaldo é o grande mentor de tudo o que aprendemos até hoje”.
Outras entidades marcaram presença no evento, como o presidente do Sindicato dos trabalhadores em hotéis, turismo, hospitalidade e condomínios dos municípios de Vera Cruz, Itaparica, Nazaré e Santo Antônio de Jesus (SINTHOTHOCON), Jorge Pimenta que disse “a Bahia só tem o que agradecer pela fundação dessa nova federação”. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Pousadas, Bares, Restaurantes e Similares (SINDIHOTEL) de Ilhéus e região, João Aquino, disse que na qualidade de filiado, participa do grupo para atender os trabalhadores, “me sinto realizado em fazer parte desta Federação”. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade de Feira de Santana (SINDTTURHFS), Antônio Souza Correia. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação e Comunicação no Estado da Bahia (Sinttecin), George Santana.
Os advogados Anderson Ítalo e Edilson Rocha também estiveram presentes prestigiando a inauguração da subsede.

VOTE CERTO NO SEGUNDO TURNO

      urna-eletronicaNo dia 05 de outubro a maioria dos brasileiros e brasileiras de nosso país cumpriram o direito do voto, que tem como objetivo eleger os nossos representantes.

       Sei que todos os colegas avaliaram bem as propostas dos candidatos, pesquisaram sobre a sua história e currículo,  avaliaram bem as propostas dos candidatos, pesquisaram sobre a sua história e currículo,  avaliaram e decidiram pela melhor opção.

            Teremos segundo turno para presidência da república e neste momento o trabalhador deve avaliar a situação em que vive o povo brasileiro com relação a moradia, transporte público, segurança, saúde, educação, direitos dos trabalhadores etc, e verifique nas propostas dos candidatos quem está preocupado com essas questões e quem tem compromisso com essas causas. Dessa forma, você vai conseguir direcionar o seu voto para aquele candidato realmente comprometido, mas não acredite em promessas, mais importante do que avaliar as propostas de campanha é avaliar também o que o candidato já fez durante a sua carreira política, pois esse histórico demonstra o compromisso dele com a população.

Vote certo e vote consciente, mas não se esqueça que depois da eleição você deve continuar acompanhando o trabalho do candidato eleito para se certificar de que ele está cumprindo o que foi prometido durante a campanha, seja vigilante e cobre trabalho, para não ter dado o seu voto em vão.

Primeira audiência de conciliação do dissídio coletivo de Salvador termina sem acordo

Na última quarta-feira, 14 de outubro, às 14h, aconteceu a primeira audiência de conciliação do dissídio entre as diretorias do sindicato patronal de Salvador e do SindhotéiS, na Tribuna Regional do Trabalho (TRT) 5º região, em Nazaré. No entanto, o sindicato patronal continua intransigente e insiste em alterar a cláusula aprovada na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT 2013) que determina os pisos de quem trabalha em bar e restaurante. Os patrões querem que todos recebam apenas o piso C, que é o menor, enquanto que na CCT de 2013, ficou estabelecido que alguns profissionais podem receber o piso B e isso não pode ser alterado a não ser com a  concordância do sindicato, o que nunca ocorreu durante todas rodadas de negociações, como está provado na ação de dissídio do qual o SindhotéiS é autor. Assim,  tudo o que já foi conquistado pela categoria permanece. Os trabalhadores devem ficar atentos para o fato de que o texto de convenção coletiva  recentemente passado pelo sindicato patronal aos estabelecimentos não está de acordo com a posição do sindicato, portanto, sendo que a decisão final caberá à justiça do trabalho.
O sindicato patronal se comprometeu assinando ata de negociação na Superintendência Regional do Trabalho (SRTE/BA) dia 9 de junho, às 11h, com mediação do auditor fiscal da SRTE/BA, Maurício Macedo. Nesta última rodada de negociação, a SRTE/BA, sugeriu um reajuste de 6,5% para os demais salários acima dos pisos e com validade de um ano. O piso A ficaria em R$ 800,00, o piso B em R$ 755,00 e o piso C em R$ 740,00. O anuênio ficaria em R$ 13,00, por ano completo de serviço ao mesmo empregador e a quebra de caixa seria R$ 26,00. O sindicato patronal também aprovou a proposta da SRTE/BA e assinou a ata de reunião, mas no momento de assinar a CCT 2014 recuou e se recusou a assinar, com o objetivo de alterar um item que somente eles serão beneficiados.
O dissídio coletivo de Salvador será julgado dia 13 de novembro. Para consultar o andamento do processo de dissídio acesse o site http://www.trt5.jus.br/pje/ depois acessar a opção da página “2° GRAU”, depois “CONSULTA AO ANDAMENTO PROCESSUAL” e depois “CONSULTA PROCESSO”, digitando o número 0000873-49.2014.5.05.0000 no campo processo.

SindHotéis convoca trabalhadores para Assembleia Geral hoje

simndO SindHotéis convoca os trabalhadores de hotéis, bares restaurantes e similares para Assembleia Geral Extraordinária no dia 16 de setembro (segunda-feira), às 18h, na sede administrativa do SindHotéis – Casa do Trabalhador (Rua da Faís-ca, nº 31, Largo Dois de Julho, Centro).
A assembleia terá como objetivo avaliar a última proposta apresentada pelo Sin-dicato Patronal na Superintendência Re-gional do Trabalho.
As negociações da Campanha Salarial 2013 já duram 09 meses, o SindHotéis sempre luta por melhores condições de beneficios e salários, mostrando as necessidades da categoria e sua importância para o turismo, valorizando sempre os trabalhadores, além disso, reconhecemos a falta de valorização por parte dos patrões, por isso continuamos na luta pela categoria dos trabalhadores hoteleiros e similares. Venha discutir a proposta da negociação e optar pelo que é melhor para você. Nesse momento todos os trabalhadores precisam estar presentes.
CONTAMOS COM SUA PRESENÇA!
NÃO DEIXE QUE DECIDAM POR VOCÊ

PL da Terceirização tem votação adiada

O PLS 87/2010, do ex-senador e atual deputado federal Eduardo Azeredo, que regulamenta a contratação de serviços de terceiros foi impedido de ser votado nesta quarta-feira (13/11). A saída regimental encontrada por alguns senadores foi pedir vistas para impedir a votação, sugerindo com isso a realização de uma audiência pública para debater a proposta com as centrais sindicais, sendo que ainda não há data marcada.
O Projeto contempla as premissas apoiadas pelo setor patronal como a terceirização na execução de serviços inerentes a qualquer atividade da contratante (meio e fim) e a responsabilidade subsidiária como regra e solidária como exceção.
Mais uma vez, é imprescindível uma grande e firme mobilização, motivo pelo qual a NCST, conclama todos os seus filiados no sentido de fazerem gestões junto aos senadores, nos seus respectivos estados, para persuadi-los a votarem contra o PLS 87/2001. Paralelo a essas mobilizações nos estados, a NCST nacional continuará vigilante e desenvolvendo o seu trabalho de pressão e conscientização junto aos parlamentares no Senador Federal.

 
Fonte Nova Central Sindical